Inep diz que analisa locais de prova do Enem após reclamações de candidatos

Fonte: : Marcelo Camargo / Agência Brasil

Após reclamações de candidatos do Enem 2023 (Exame Nacional do Ensino Médio) sobre locais de prova longe de onde vivem, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) afirmou, nesta quarta-feira (25), que irá analisar a situação.

O instituto, em nota, afirma verificar a definição feita pelo Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos) dos locais de prova. O Cebraspe foi o vencedor da licitação para aplicação do Enem deste ano.

“O Inep adotará as medidas necessárias para que todos os participantes inscritos façam as provas desta edição de acordo com as previsões estabelecidas nos normativos que regulam a aplicação do exame”, diz o instituto.

A reportagem tentou contato com o Cebraspe na noite desta quarta, mas, até o momento, não houve resposta.

Os locais de prova do Enem 2023 foram divulgados na terça-feira (24). Em seguida, diversas reclamações sobre os lugares de aplicação surgiram nas redes sociais.

As reclamações se concentram na distância dos locais para onde foram alocados. Hugo Tonholi, que fará o exame neste ano, é um deles.

“Eu moro no Grajaú, Jardim Reimberg [zona sul de São Paulo], porém, me colocaram para fazer a prova na Unip Anchieta, região do Sacomã, sendo que tem vários polos perto de mim”, reclama.

De acordo com o Google Maps, a distância de carro dá cerca de 44 km, percorrida em 2 horas. De transporte público o tempo aumenta para entre 2h35 e 2h50 dependendo do itinerário.

As queixas ganharam as redes sociais. Uma pessoa do Rio de Janeiro olhou a distância até o local do exame e encontrou, como resposta, 44 km. “ALÔ @inep_oficial 44KM de distância da minha casa e perigoso, zona oeste está em guerra, logo em SANTA CRUZ”, postou a “fofoqueira de berço”, nome usado na rede X (antigo Twitter) pela reclamante.

A situação, inclusive, levou a “fofoqueira de berço” a postar um tutorial sobre como reclamar para o Inep sobre o local de prova.

Nas redes, as reclamações geraram memes.

Um dos reclamantes citou o Ponto Nemo, local no oceano tido como o mais distante da terra firme e também conhecido como cemitério de naves espaciais.

Gil do Vigor, economista e participante do Big Brother Brasil 21, veiculado pela Globo em 2021, comentou, em suas redes sociais, sobre a divulgação dos locais de prova e aconselhou: “O site tá um tiquinho instável mas não desistam! Já façam o cálculo da distância do seu local de prova com o local que você mora e coloquem bastante tempo de sobra pra não atrasar, pelo amor de Deus, visse!”

O exame ocorre nos dias 5 e 12 de novembro.

Os portões abrem às 12h e fecham às 13h nos dois dias. As provas começam às 13h30, e terminam, no primeiro, dia, às 19h, e no segundo, às 18h30.

O horário de referência é o de Brasília, então é preciso calcular a hora nos outros fusos do país.

O exame terá quatro provas objetivas –cada uma com 45 questões– e uma redação. Para levar o caderno para casa, é preciso sair nos últimos 30 minutos de prova.

No primeiro dia, serão aplicadas as provas de Linguagens –que inclui português ou espanhol de acordo com a inscrição do candidato, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e a redação.

No segundo, os candidatos fazem as de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Fonte: Bahia Noticias

Siga o Portal Alagoinhas News no Google Notícias e Instagram para receber as principais notícias do dia em primeira mão.