Feira: Vereador acusa prefeito de contratar mulheres para simular assédio de opositores

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, foi acusado de “usar mulheres” para assediar vereadores. A afirmação foi feita pelo vereador Paulão do Caldeirão (PSC) durante sessão desta quarta-feira (6) na Câmara Municipal da cidade. O caso relato teria ocorrido em momento passado. Paulão disse que a “cilada” teria como objetivo atingir outros colegas.

Assim que Paulão do Caldeirão usou o microfone disse que “tinha uma denúncia muito séria para fazer”. Segundo o edil, ele tem gravações que atestam os relatos e que as traria na próxima sessão. “Esse mesmo prefeito Colbert Martins está contratando mulheres para assediar vereadores nessa Casa Legislativa. Esse prefeito desgraçado, bandido, criminoso arrumou uma mulher para tentar cassar minha imagem. Eu tenho gravações, seu bandido. Eu vou lhe denunciar no Ministério Público e na Polícia Federal”, esbravejou.

Segundo o vereador, a trama teria a participação de assessores do prefeito, entre eles uma mulher [Lio] e um evangélico, identificado como Irmão Fernando. O edil disse que o caso tinha sido relatado também ao ex-prefeito José Ronaldo ainda em momento que preferiu não tornar públicas as acusações.

A fala de Paulão do Caldeirão recebeu apoio do presidente da Casa, Fernando Torres, que disse que o acompanharia no registro da ocorrência em delegacia. O Bahia Notícias procurou a gestão municipal em busca de um posicionamento sobre a denúncia, mas não houve retorno até o fechamento desta nota.

Fonte: Bahia Notícias