Alagoinhas: Assistidas do CRAM participam de cursos profissionalizantes

stão sendo realizados, no Mercado do Artesão, cursos profissionalizantes voltados para mulheres assistidas pelo CRAM. A iniciativa da Prefeitura de Alagoinhas, por meio da Secretaria de Assistência Social, visa promover independência financeira e novas perspectivas para o mercado de trabalho.

Estão sendo oferecidas formações em tranças afro, depilação e manicure, com 10 vagas cada uma. As aulas acontecem duas vezes por semana, com duração de dois meses. Puderam matricular-se mulheres que já passaram pela Casa de Acolhimento.

“Infelizmente, muitas mulheres ainda permanecem em relacionamentos abusivos devido à impossibilidade de se manterem sozinhas financeiramente. Diante disso, oferecer esses cursos é abrir as portas para uma nova vida, possibilitando a libertação de uma realidade infeliz”, declarou a secretária da pasta, Ludmilla Fiscina.

Uma das assistidas matriculadas tem as iniciais A. C. R e é moradora do Barreiro. Aos 60 anos de idade, ela freqüenta o CRAM por desavença familiar. Segundo ela, após o acompanhamento recebido, “eu me sinto uma mulher mais forte, com a autoestima melhor e consegui sair de uma depressão”.

“Quero fazer o curso para sair da rotina e ter minha independência. Não tenho curso nenhum e já diria o ditado, mente vazia moradia do que não presta”, declarou A.C.R.

Fonte: SECOM PMA