Suspeitos de matar presidente do Haiti são detidos, diz secretário

O secretário de Estado das Comunicações do Haiti, Frantz Exantus, anunciou na noite desta quarta-feira (7) que os “supostos assassinos” do presidente Jovenel Moise foram “apreendidos”, segundo a agência de notícias AFP.

Moise foi morto por homens armados em sua casa nos arredores de Porto Príncipe nesta manhã. Exantus disse que os suspeitos foram presos na comuna de Pétionville, a 13 km da divisa com a capital do país, por volta das 18h no horário local (19h no horário de Brasília). A operação foi realizada pela Polícia Nacional.

O secretário “prometeu que mais informações estão por vir”, de acordo com nota da agência.

Fonte: Folha Press