Temperatura no Canadá chega a 49,5ºC e dezenas de pessoas morrem de calor extremo

Dezenas de pessoas morreram literalmente de calor nas proximidades de Vancouver, no Canadá, nos últimos dias. As temperaturas na região têm registrado altas sem precedentes, o recorde chegou a 49,5ºC na terça-feira (29), de acordo com reportagem do jornal O Globo. No total, foram 233 avisos de mortes na província entre sexta-feira e segunda-feira, contra 130 de média em um período normal.

Segundo a matéria, polícia de Vancouver informou ainda que tem atendido chamados de morte súbita desde sexta-feira. São pelo menos 134 ocorrências.

“Vancouver nunca havia registrado um calor semelhante, e, infelizmente, dezenas de pessoas morreram”, afirmou o porta-voz da polícia de Vancouver, Steve Addison.

Em comunicado oficial, a polícia federal disse que acredita que o calor contribuiu para as mortes e acrescentou que a maioria das vítimas é de idosos.

O primeiro-ministro da província da Colúmbia Britânica, John Horgan, destacou em uma entrevista coletiva que “esta é a semana mais quente que os habitantes desta região já viveram”.

Fonte: Bahia Notícias