SAAE realiza recomposição asfáltica no centro de Alagoinhas

O Avançar Cidades, programa de esgotamento sanitário executado pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), continua avançando pelo centro de Alagoinhas. A obra, orçada em aproximadamente 13 milhões de reais, vai beneficiar cerca de 7 mil moradores de Nova República e parte de Santa Terezinha, que não terão mais que lidar com o esgoto a céu aberto.

Durante o mês de março de 2021, o Avançar Cidades atravessou o centro do município, passando pelas Ruas Visconde de São Lourenço, Rodrigues Lima, Francisco Batista, Soror Joana Angélica, chegando à Rua Milton da Silva.

Ao longo desse percurso, foi necessária a escavação das vias, para a instalação do interceptor, equipamento responsável por encaminhar o esgoto até as estações elevatórias, que vão direcionar dejetos à Estação de Tratamento. Durante a última quarta (31) e quinta-feira (01), o SAAE realizou a recomposição asfáltica de todo o percurso da obra, deixando a superfície como era antes.

“As ruas novinhas em folha novamente, com a grande diferença que, por baixo do asfalto CBUQ, agora há muita esperança para os moradores de Santa Terezinha”, disse o diretor geral do SAAE, Francisco Brito. Sobre a continuação do percurso da obra, Francisco explica que “em abril, seguiremos com a instalação do interceptor nas Ruas Milton da Silva, Padre Vieira, Lourival Batista, até alcançar à Severino Vieira, onde será construída uma das quatro estações elevatórias de esgoto”.

O Avançar Cidades faz parte do maior conjunto de obras de esgotamento sanitário já realizadas pela Prefeitura de Alagoinhas, que inclui o PAC 1 e PAC 2. Somadas, essas intervenções serão responsáveis pelo salto de 14% para 35% da cobertura no saneamento do município. Ao todo, o investimento é de mais de 37 milhões de reais, responsáveis por levar mais qualidade de vida e saúde para a população, além de diminuir consideravelmente a contaminação do solo e do Rio Catu.

Fonte: ASCOM SAAE