Governador de Santa Catarina é afastado do cargo e enfrentará processo de impeachment

A abertura de um processo de impeachment contra o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), foi aprovada no Tribunal Especial de Julgamento por 6 votos a 4. Ele deixará o cargo na próxima terça-feira (30) por 120 dias.

Moisés responde pelo crime de responsabilidade pela compra sem licitação de 200 respiradores no valor total de R$ 33 milhões. O caso será analisado pelo tribunal, que é formado por cinco deputados e cinco desembargadores.

Em outubro, Carlos Moisés foi afastado do cargo em outro processo de impeachment. Na ocasião, foi investigado possível irregularidade no aumento salarial de procuradores do Estado sem autorização da Assembleia Legislativa.

Neste processo, ele foi absolvido e retornou ao cargo.

O governo do estado será assumido temporariamente pela vice-governadora, Daniela Reinehr (sem partido). Daniela e Carlos Moisés são rompidos politicamente.

Fonte: Varela Notícias