Foto: Felipe Oliveira / Varela Notícias

Um grupo de motociclistas iniciou um protesto na entrada do bairro do Calabar, em Salvador, na tarde desta segunda-feira (11), pedindo justiça pela morte de um colega que foi baleado no Engenho Velho da Federação, na noite de domingo (10), enquanto realizava uma entrega. Os manifestantes se deslocaram até a Federação.

Um dos manifestantes, que preferiu não se identificar, disse ao Varela Notícias que o motivo da morte foi a guerra de facção. “(…) Foi por causa da guerra de facção. Por a gente morar em outro bairro e não poder entrar lá. É um bairro que ninguém gosta de entregar porque é muito perigoso. Aí ele foi fazer essa caridade e acabou pagando com a vida”, disse.

Fonte: varela Notícias