Invasão ao Congresso dos EUA deixa quatro mortos, 52 presos e dezenas de feridos

Quatro pessoas morreram e 14 policiais ficaram feridos após a invasão de extremistas e apoiadores de Donald Trump ao Congresso americano nesta quarta-feira (06), durante certificação da vitória do republicano Joe Biden.

A informação é da polícia da cidade de Washington, onde fica a sede do Congresso dos Estados Unidos.

Uma das vítimas é uma apoiadora de Trump, que foi baleada por agentes que atuavam na segurança do Capitólio. Ela chegou a ser atendida, mas não resistiu aos ferimentos.

“Uma mulher adulta e dois homens adultos parecem ter sofrido de emergências médicas diferentes, que resultaram em suas mortes. Qualquer perda de vida no Distrito é trágica e nossos pensamentos estão com qualquer pessoa impactada por sua perda “, disse o chefe da Polícia de Washington.

Após a invasão e após apelo de Biden, Trump usou as redes sociais para pedir aos apoiadores que protestassem de forma pacífica, confiando nas forças de segurança americanas.

Segundo autoridades locais, duas bombas caseiras foram encontradas e desativadas na região próxima à sede dos secretariados nacionais.

O ato terminou com 52 pessoas presas, destas, 47 por desrespeito ao toque de recolher decretado pela prefeitura de Washington.

Fonte: Varela Notícias