Profissionais de saúde do Serviço de Assistência Especializada e Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE/CTA), da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), realizam, nos dias 1, 2 e 3 de dezembro, palestras e testes rápidos de HIV e Sífilis, na Policlínica Municipal.

A ação marca o Dia Mundial de Combate ao HIV/Aids, considerado dia D do “Dezembro Vermelho”, mês voltado a atividades relacionadas à divulgação de medidas de prevenção e assistência às pessoas infectadas pelo HIV. As palestras vão acontecer às 8h, e os exames, até às 11h.

Para realizar os testes, basta levar documento com foto. O resultado é confidencial e leva cerca de 30 minutos.

“O objetivo da campanha é alertar para a prevenção, tratamento precoce e proteção dos direitos das pessoas infectadas. Em casos positivos, o CTA encaminha para o tratamento necessário, que é gratuito”, explica a coordenadora do Programa Municipal de Apoio à DST/AIDS e hepatites virais, Micheli Campos.

Vale destacar que os testes rápidos para DSTs estão disponíveis na rede pública de Saúde de Alagoinhas. É possível realizar testes rápidos diagnóstico de HIV, sífilis e Hepatites C e B, na sede do Serviço de Assistência Especializada em IST/HIV/AIDS (SAE/CTA), que fica na Policlínica Municipal. O atendimento é feito de segunda a sexta, das 7h30 às 12h e das 13h30 às 16h30.

Serviço de Assistência Especializada e Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE/CTA)

O serviço é referência para capacitação dos profissionais da regional e atendimento dos pacientes para os casos de abuso sexual e acidente com material biológico durante a semana, em horário comercial. Já nos finais de semana, feriados e à noite, o atendimento a estas vítimas deve ocorrer no Hospital Regional Dantas Bião, onde também haverá a dispensação de Antirretroviral. Em todos os casos, o paciente deve ser referenciado imediatamente para o Serviço de Assistência Especializada para acompanhamento com equipe multidisciplinar.

As atividades de rotina estão mantidas durante a pandemia, e incluem distribuição de preservativos masculinos, femininos, gel lubrificante para idosas na menopausa e gays, e informações sobre IST/AIDS.

O SAE conta com equipe multidisciplinar com médico, enfermeira, psicóloga, farmacêutica, assistente social e técnica de enfermagem especializadas na assistência às pessoas que convivem com o HIV/AIDS e Hepatites Virais.

No momento, o serviço acompanha 473 pacientes com HIV/AIDS, destes, 191 são de outros municípios da região.

Fonte: SECOM PMA