Ricardo Maia Filho, ou Ricardinho, será o prefeito mais novo da Bahia. Aos 21 anos, idade mínima para concorrer, foi eleito o novo gestor do município de Tucano pelo PSD, com 49,27% dos votos válidos (14.166), neste domingo (15/11). O candidato derrotou Rubinho (DEM), que ficou em segundo lugar com 37,20% (10.695 votos). A eleição em Tucano teve 17,64% de abstenções, 1,41% votos brancos e 4,56% votos nulos.

O escolhido pelos tucanenses nasceu na cidade, mas foi criado em Ribeira do Pombal, cidade que fica cerca de 35 Km de Tucano. Só voltou para iniciar a campanha política, há exatamente 100 dias. “Tive que enfrentar a visão de forasteiro e no início foi muito difícil, porque as pessoas diziam ‘nunca vi esse menino por aqui’. Mas o atual prefeito é de Maragoji, não tem história alguma com a cidade, nem familiares que moram aqui, como eu tenho. Aos poucos fui desconstruindo essa imagem através das minhas propostas, propostas de alguém que conhece a necessidade da população”, conta.

É conhecido como Ricardinho porque leva no RG o cargo de filho de Ricardo Maia, atual prefeito de Ribeira do Pombal. “Mas quem vai governar sou eu. Vou precisar do meu pai com certeza, porém sabemos que as pessoas têm medo de que a gente traga funcionários de Ribeira do Pombal para ocupar empregos em Tucano, mas isso não vai acontecer, até porque ele foi reeleito lá”.

Ricardo Filho é solteiro, tem ensino médio completo e declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a ocupação de gerente. Ele não declarou nenhum bem como patrimônio. O prefeito eleito não encara a idade e falta de formação superior como barreiras para fazer uma boa gestão. “A gente foi muito desacreditado, ainda é, a oposição se aproveitou muito disso, desmerecendo os jovens, dizendo que não temos capacidade, mas idade não define ninguém. Comecei a faculdade de engenharia, mas abri mão e também ouvi muita coisa aqui nesses 100 dias sobre isso. Só que Tucano já teve prefeito médico, prefeito advogado, prefeito administrador e foram gestões desastrosas, tenho certeza de que vamos calar a boca de todo mundo”.

Fonte: Aratu On