Em convenção realizada ontem, os filiados do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) de Alagoinhas confirmaram o nome do petroleiro aposentado Ednaldo Sacramento a prefeito da cidade. A chapa conta a participação do professor Elmo Dias, como candidato a vice-prefeito. A professora Jeanne Rezende concorrerá a uma vaga à Câmara Municipal.

A convenção foi on-line, via a plataforma Google Meet, devido à pandemia do novo coronavirus, como orienta a legislação eleitoral em vigor.

“Teremos o desafio de apresentar um programa alternativo, revolucionário e socialista, que responda as necessidades dos trabalhadores e do povo pobre de Alagoinhas. A desigualdade social que avança no país, também cresce em nossa cidade, com o aumento da pobreza e do desemprego, sem ter uma resposta concreta dos atuais governantes e seus falsos opositores, que agora aparecerão como salvadores da pátria”, afirma Ednaldo Sacramento.

Diante do cenário nacional, o candidato a prefeito ressalta que “Alagoinhas não está em uma ilha isolada fora da realidade social brasileira. Os pré-candidatos a prefeito em nenhum momento comentam acerca das irresponsabilidades do Presidente Jair Bolsonaro, e nem mesmo as de Rui Costa, a falta de plano de ação ao combate ao Covind-19 por parte da Prefeitura, através do prefeito Joaquim Neto, é reflexo do funcionamento irracional do capitalismo, os governos e os patrões não estão preocupados com as vidas, e sim com os lucros. Nesse panorama, nós do PSTU em conjunto com a classe trabalhadora alagoinhense, construiremos os conselhos populares atrelado ao programa que atenda as necessidades imediatas e fundamentais da cidade”.

PERFIL | Ednaldo Sacramento

Candidato a Prefeito de Alagoinhas-Ba, nas eleições municipais de 2020, pelo Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU)

Trabalhador aposentado da indústria de petróleo, Ednaldo tem 60 anos, é casado, natural de Alagoinhas, Bacharel em Ciências contábeis pela – UCSAL/Universidade Católica do Salvador, Professor de História – Licenciado pela UNEB, com Especialização em História Política, também pela UNEB e Mestre em História Social pela UEFS – Universidade Estadual de Feira de Santana. Sua última participação nas eleições como candidato foi no ano de 2006, quando concorreu a uma vaga ao Senado Federal.

Ednaldo Sacramento é sindicalista; foi um demitido político em 1995, durante o governo do Sr. Fernando Henrique Cardoso, quando lutava contra a implantação do projeto neoliberal no Brasil, tendo sido anistiado pelo Congresso nacional, em 2004. Entre os anos de 1998 e 2008 lecionou na Rede pública municipal de Ensino de Alagoinhas. Foi diretor do SINPA – Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Alagoinhas e, mesmo após o pedido de exoneração do município em 2011, permaneceu atento às demandas dos Servidores públicos municipais, em especial ao segmento dos profissionais da Educação.

Ednaldo Sacramento é membro do PSTU, desde a sua fundação, no ano de 1994, tendo participado do processo de construção do Partido e, como dirigente político, tem participado em nossa cidade do debate de todos os temas de relevância nacional e local.

Nas eleições de 2020, a Convenção do Partido confirmou a sua candidatura à Prefeitura Municipal de Alagoinhas como uma alternativa a todas as outras, tanto ao atual prefeito quanto aos de sempre que agora voltam a se apresentar. Sem conchavos e amarras, Ednaldo se propõe a cumprir um Programa de governo que atenda às necessidades básicas da população e que revolucione a forma de gestão, se propondo a governar sustentado em Conselhos populares, com poder de decisão, de forma a exercitar a construção do poder popular, rumo a uma sociedade socialista!

PERFIL | Elmo Dias

Pré-canditado a vice-prefeito de Alagoinhas, nas eleições de 2020, pelo partido socialista dos trabalhadores Unificados (PSTU).

Negro, pai, formado em letras pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e mestrando em letras pela Universidade estadual de Feira de Santana (UEFS), 43 anos, professor da rede pública de Mata de São João, onde faço oposição a atual direção da APLB.

Meus pensamentos políticos sempre foram socialistas, porém minha militância efetiva tem início a partir das sucessivos retiradas dos direitos dos trabalhadores em benefício de uma classe abastada e gananciosa. E assim me proponho a construir uma luta contra qualquer tipo de discriminação em uma sociedade com educação, saúde, emprego, lazer, acessíveis a todas e todos.

Aceitei a pré-candidatura a vice-prefeito de alagoinhas pelo PSTU por acreditar que é o único projeto que tem como finalidade atender os anseios das classes trabalhadoras e a população pobre da cidade, retirando privilégios dos capitalistas gananciosos e caminhar para um socialismo.