Um senhor conhecido como Raimundo Santos de Jesus acabou falecendo na UTI de hospital na cidade de candeias. Seu Raimundo foi transferido nesta terça-feira, 10, após finalmente ter sua transferência liberada pelo serviço de regulação do governo do Estado.

O homem de apenas 44 anos sofreu um AVC – acidente vascular cerebral e estava internado no hospital São Francisco e São Vicente, a Santa casa de Esplanada.

Familiares informaram que buscaram incessantemente acelerar o processo de regulação, e como tinham conhecimento de que várias pessoas também conseguiam mantendo contato com políticos influentes, eles buscaram a mesma solução, entretanto, não obtiveram êxito.

Apelos de populares nas redes sociais e numa emissora de rádio de Esplanada também foram realizados, quando finalmente na tarde de terça-feira foi transferido. Seu Raimundo, no entanto, já havia sofrido pelo menos 03 paradas cardíacas durante sua estadia no hospital de Esplanada e na tarde desta quarta-feira dia 11 acabou falecendo.

SOBRE A REGULAÇÃO

Segundo o governo da Bahia, a classificação de risco é uma ferramenta utilizada nos serviços de urgência e emergência, voltada para avaliar e identificar os pacientes que necessitam de atendimento prioritário, de acordo com a gravidade clínica, potencial de risco, agravos à saúde ou grau de sofrimento. As unidades seguem protocolos internacionais, como o Protocolo de Manchester, no qual classifica o paciente como Emergência (Vermelho), Muito Urgente (Laranja), urgente (Amarelo), Pouco Urgente (Verde) e Não Urgente (Azul).

Conhecidos e parentes consideram o serviço burocrático e demorado, oque muitas vezes acaba diminuindo as chances de vida de pessoas que notoriamente precisam de atendimento rápido.

Seu Raimundo morava na rua das Mangueiras, com apenas 44 anos deixa filhos e amigos que ainda tinham esperança de sua recuperação.

Fonte: Esplanada News