Alagoinhas registrou, nesta quarta-feira (24), mais 20 pacientes que tiveram alta constatada, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), e sobe, portanto, para 276 o número de recuperados após infecção por COVID-19.

O quantitativo de recuperações confirmadas é superior ao registro de diagnósticos positivos para a doença infecciosa viral respiratória, no mesmo dia. De acordo com a Vigilância, nesta quarta-feira (24), 8 mulheres e 8 homens testaram positivo para coronavírus. Todos eles permanecem em isolamento domiciliar, monitorados pelas equipes de saúde, assim como as pessoas com as quais tiveram contato.

Os dados atualizados revelam que Alagoinhas tem, neste momento, 102 casos ativos, ou seja, menos de 27% dos 387 pacientes identificados com a doença ainda podem transmitir o vírus e, por isso, seguem as normas de isolamento preconizadas. Segundo a Secretaria de Saúde, na contagem dos casos ativos são considerados todos aqueles que testaram positivo para COVID-19 e subtraídos os óbitos e recuperações constatadas.

Outras 29 pessoas aguardam resultados do Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), para onde são encaminhadas as amostras. Entre os pacientes diagnosticados com coronavírus, 15 seguem internados: 4 no Hospital das Clínicas de Alagoinhas (HCA), 1 no Hospital de Campanha do Wet’n Wild, 1 no Agnus Day, 2 no Ernesto Simões, 1 no Hospital do Subúrbio, 1 na UPA, 1 no Hospital Português, 1 no Hospital Espanhol, 2 no Hospital Regional Dantas Bião e 1 no Hospital da Bahia.

A Vigilância informou também que investiga o endereço de um dos pacientes confirmados para coronavírus, cujo local específico de residência ainda não foi identificado. Os dados divulgados pela Secretaria de Saúde mostram ainda que 482 munícipes testaram negativo para COVID-19, e mais 878 foram excluídos do monitoramento por critério de investigação clínico-epidemiológica; juntos, eles representam 1.360 casos descartados para coronavírus no município.

A SESAU reforça que uma série de ações vêm sendo desenvolvidas, no âmbito municipal, com foco em interromper a cadeia de transmissão da doença. A secretaria comunicou que os idosos transferidos e acolhidos temporariamente na Unidade de Reintegração, onde permaneciam isolados daqueles que haviam testado positivo para a doença, puderam voltar, hoje, com segurança, à instituição de longa permanência. O transporte foi realizado de acordo com as normas sanitárias estabelecidas em protocolo.

A Secretaria Municipal de Saúde salientou ainda o município ampliou a realização de testagens diagnósticas para coronavírus e destacou que novas estratégias serão implementadas junto aos bairros que registraram maiores índices de casos confirmados. Equipes de Vigilância seguem mobilizadas com o mapeamento, o monitoramento dos casos suspeitos, confirmados e seus contatos, e a investigação epidemiológica. A recomendação é para que as pessoas mantenham o isolamento e adotem as medidas preventivas preconizadas.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde – Vigilância Epidemiológica