A Prefeitura entregou, nesta sexta-feira (29), 70 litros de álcool, 700 toucas, 50 protetores faciais e mais de 940 máscaras de tecido às instituições de longa permanência para idosos, em Alagoinhas.

A iniciativa é da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), que, engajada em ações de prevenção à COVID-19, mobilizou equipes para a distribuição dos itens em forma de kits aos lares Nova Esperança, Recanto da Paz, Kayrós, Lindaura Plácido de Carvalho, Nossa Senhora do Carmo, Emma Barbetti e Bezerra de Menezes. Todas as casas de acolhimento para idosos, em Alagoinhas, foram contempladas com os equipamentos de proteção individual e, segundo a SESAU, a ação tem como intuito fortalecer as medidas preventivas, principalmente junto às pessoas mais vulneráveis, minimizando os impactos causados pela expansão mundial do coronavírus.

Segundo a secretária municipal de saúde, Rosania Rabelo, a distribuição dos equipamentos aos lares de idosos integra uma série de medidas adotadas para a gestão dos efeitos da pandemia na cidade, com o foco principal de resguardar a saúde das pessoas e contribuir para evitar os riscos de exposição.

Para a assistente social do Lar Nova Esperança, uma das instituições beneficiadas com a iniciativa, a doação significa um apoio importante diante da batalha para interromper a cadeia de transmissão da COVID-19. “Essa doação de EPI’s é muito importante para a gente que está aqui na batalha, no dia a dia, nos lares de idosos […] Muito obrigada ao poder público e à Secretaria Municipal de Saúde por estarem nos trazendo esses EPI’s em um momento em que a gente precisa realmente desse apoio”, relatou a assistente social Neilma Arruda.

Gedalva Santos Santiago, coordenadora da instituição, também avaliou positivamente a entrega dos kits. “Na hora que a gente mais está precisando, vocês chegaram aqui para ajudar”, ressaltou.

A Secretaria Municipal de Saúde reiterou que as equipes seguem mobilizadas, empenhadas em ações que contribuam para a conscientização da população, a prevenção ao contágio e o enfrentamento ao coronavírus.

Fonte: SECOM PMA