O prefeito de Aramari, Fidel Dantas(MDB), foi condenado a pagar R$ 10.000,00 por fazer propaganda eleitoral antecipada. Fidel foi acusado de, por meio de outdoors instalados em diversos pontos do município, veicular mensagem com o pretexto de parabenizar o aniversário de emancipação politica da cidade usando a própria fotografia, simbolo, nome e abraçado a uma idosa, o que segundo o Ministério Público denotou promoção pessoal. Fidel chegou a divulgar o material também em suas redes sociais. O fato ocorreu no fim de 2019.

Em decisão proferida no último dia 20 de maio, o juiz eleitoral da 163º zona, Murilo de Castro Oliveira, decidiu acatar a denuncia do MP e condenou Fidel Dantas por propaganda antecipada, arbitrando o valor da multa.

Fonte: News in foco