A Lampions, como a competição é chamada por torcedores, têm mais 16 jogos para ser finalizada – oito da rodada final da primeira fase e oito confrontos nas quartas, semi e final.

Segundo Eduardo Rocha, a sede única minimizaria riscos das viagens e otimizaria o tempo. Só seria adotada se os jogos forem reprogramados sem torcida.

“Vamos ter uma reunião com os clubes e a proposta é que os jogos sejam disputados em única sede, com espaçamento de dois dias entre eles. Temos só que ver como faremos com a última rodada classificatória”, afirmou o dirigente.

O torneio tem as participações de Bahia e Vitória representando o estado. Caso a sede única prevaleça, a possibilidade maior é de a competição ocorrer em Recife, que tem estádios próprios dos times Sport, Santa Cruz e Naútico e a Arena Pernambuco, erguida para a Copa do Mundo de 2014.

Fonte: Bahia.ba