O prédio da Unidade de Pronto Atendimento(UPA) da Santa Terezinha, em Alagoinhas, será transformada em unidade de atendimento secundário e de triagem aos pacientes de coronavírus de Alagoinhas e região. De acordo com o prefeito Joaquim Neto, a solicitação do prédio foi feito pelo governo do estado que tem procurado locais em vários municípios da Bahia que possam onde possa ser criado leitos de UTI, seja hotéis, estádios, e prédios públicos não utilizados.

O prefeito Joaquim Neto relatou que sua administração recebeu da gestão Paulo Cezar um equipamento com obras paralisadas e em estado de completo abandono. De lá pra cá foram investidos R$ 600 mil em recursos próprios para terminar a obra que está conclusa, esperando apenas a compra de equipamentos.

Com a ajuda do governo do estado, 20 leitos de UTI serão instaladas no local. Serão adquiridos também respiradores, macas e todos os equipamentos necessários para os atendimentos.

O atendimento secundário é realizado aqueles pacientes que apresentam febre alta, falta de ar e que precisam de um atendimento médico, diferente daqueles que podem ser tratados em casa mesmo. O custo de manutenção da unidade, que funcionará em regime 24 horas, está estimado em aproximadamente R$450 mil mensais. Governo do estado e prefeitura dividirão os custos.

Dentro dos próximos dias deve ser anunciada a contratação de equipes de emergencistas para trabalharem na unidade. É esperado também nos próximos dias que o governador Rui Costa venha à Alagoinhas pessoalmente para inaugurar junto com o prefeito Joaquim Neto o equipamento.

Fonte: News in foco