Advogados pedem ao MPF exame psiquiátrico de Jair Bolsonaro

Um grupo de advogados apresentou ao Ministério Público Federal do Distrito Federal um pedido para que Jair Bolsonaro seja interditado – considerado incapaz para os atos da vida civil.

O grupo intitulado “Advogados e Advogadas pela Democracia” pede que seja feita uma avaliação psiquiátrica do chefe do Palácio do Planalto por sua atuação em relação à crise do coronavírus.

As atitudes do presidente parecem “configurar considerável grau de desorientação e confusão psíquica”, sustenta a representação, que cita como exemplo informações desencontradas sobre o resultado de seu teste.

Fonte: Brasil 247