Alagoinhas: Comissão Interinstitucional de combate à Dengue realiza a 1ª ação integrada de 2020

A Comissão Interinstitucional de mobilização, prevenção e combate à Dengue realizou, nesta quarta-feira (22), uma ação integrada entre representantes das secretarias municipais para eliminar focos criadouros do mosquito em pontos críticos sinalizados por agentes de endemias e corrigir inconformidades que contribuem para a proliferação do Aedes aegypti.

Integrantes da comissão realizaram visitas técnicas, vistoriaram imóveis, notificaram terrenos baldios e moradores, chamando a atenção para o risco do acúmulo de água parada em pneus, vasos, baldes e cisternas. Segundo o supervisor e vice-presidente da Comissão, Danilo Cardoso, as ações são efetivas para o combate ao mosquito. “Visitamos uma casa no 2 de Julho e também uma grande quantidade de terrenos baldios na Vila dos Laranjais, onde há situação de acúmulo de lixo […]. A ação foi proveitosa. Conseguimos visitar uma grande quantidade de terrenos e esperamos que, com a atuação e envolvimento das secretarias, possamos resolver a situação nos locais críticos”, pontuou Danilo Cardoso.

De acordo com a coordenadora de endemias Telma Pio, a ação integrada foi exitosa, e os moradores notificados têm agora um prazo máximo de 15 dias para regularização dos imóveis e terrenos onde foram detectados pontos de proliferação do mosquito.

Paralelamente às ações da comissão, profissionais do setor de endemias dão continuidade às visitas domiciliares e equipes seguem em campo, com frentes de trabalho, bombas motorizadas e tratamento nos depósitos. A previsão é que profissionais das secretarias atuem com ações estratégicas para coibir riscos e que a Secretaria de Saúde intensifique também o trabalho de conscientização junto à comunidade. “O envolvimento da comunidade é fundamental”, ressalta a secretária responsável pela pasta, Rosania Rabelo.

Fonte: SECOM PMA