Avião ucraniano cai no Irã e deixa ao menos 170 mortos

Um Boeing 737 da companhia Ukraine International Airlines caiu logo após decolar do aeroporto internacional Imam Khomeini, em Teerã, na madrugada desta quarta (8). De acordo com a TV estatal iraniana, todos os passageiros a bordo da aeronave foram mortos.

Informações iniciais apontavam que o avião levava 180 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulantes. Logo depois, o porta-voz da Organização de Aviação Civil do Irã, Reza Jafarzadeh, colocou o número total de pessoas a bordo em 170, enquanto as agências internacionais reforçaram um total de 176 passageiros.

Ainda na madrugada, o presidente ucraniano Volodimir Zelenski alertou contra a “especulação” sobre a tragédia. “Peço a todos que evitem especulações e versões não verificadas da catástrofe”, escreveu em sua página no Facebook. Horas antes, a embaixada ucraniana descartou “a tese de um ataque terrorista” e que o acidente foi devido à “falha de um motor de avião”.

O motivo do acidente será investigado pela companhia aérea, pela fabricante Boeing e autoridades da Ucrânia e do Irã. Especulações preliminares apontaram até agora, assim como ​Zelenski, um problema técnico.

Fonte: Folha e Agências