O presidente Jair Bolsonaro cancelou a participação dele na entrega da primeira etapa de obras do aeroporto de Salvador após recomendação médica. Segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, a saúde do militar reformado está “debilitada” por conta de um resfriado.

“Recomendação médica. Ele está muito resfriado. Muito cansado. Com saúde debilitada, então o médico recomendou que não fizesse viagem, pois ele tem viajado bastante. Foi por causa disso”, disse.

Fonte: Varela Notícias