O ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA) será transferido do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para o Centro de Observação Penal (CO), em Salvador.

A decisão foi do ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo tribunal Federal (STF), na última sexta-feira (6) e atendeu a um pedido da defesa de Geddel.

A transferência deve ser efetivada nos próximos dias.

Geddel está preso há dois anos e meio após a Polícia Federal localizar o bunker onde estavam R$ 51 milhões atribuídos à família Vieira Lima, na capital baiana. A prisão foi decretada pelo juiz Vallisney de Souza, à época da 10ª Vara Federal de Brasília, em uma das fases da Operação Cui Bono.

Desde que foi preso, o emedebista foi diagnosticado com depressão, perdeu peso, foi mantido em ala de segurança máxima da Papuda, além de ter se envolvido em outros episódios dentro da penitenciária.

Em outubro, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) condenou o ex-ministro e fixou uma pena de 14 anos e 10 meses de prisão.

Fonte: BNews