Após ser acusado de assédio por uma funcionária terceirizada da Prefeitura de Feira de Santana, o diretor do departamento de Parque e Jardins, Deodato Peixinho, pediu afastamento do cargo.

A informação foi confirmada pelo secretário municipal de Serviços Públicos, Justiniano França, ao site Acorda Cidade.

O diretor decidiu se afastar do cargo até que saia o resultado da apuração do processo administrativo instaurado pelo prefeito interino, o vereador José Carneiro, já que o prefeito da cidade, Colbert Martins Filho, está em viagem internacional.

Além da sindicância interna, a mulher também prestou queixa na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) da cidade. Segundo o secretário Justiniano França, o resultado da sindicância deve ser divulgado em um prazo de quinze dias.

Ainda de acordo com o Acorda Cidade, Deodato Peixinho prestou uma queixa de calúnia contra a mulher que o denunciou, mas não quis se pronunciar sobre o assunto.

Fonte: BNews