Isac de Jesus Silva, 22 anos e Rodrigo de Mercês Mota (Digão), 22 anos, morreram na noite de sábado (28-09-19), no Hospital Municipal Dr. Deraldo Miranda, após serem baleados durante um confronto com policiais da 97ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Irará. O confronto aconteceu no bairro Cidade Nova.

Segundo informações, por volta das 15h30, as guarnições da Policia Militar da 97ª CIPM-sediada na cidade de irará, abordo das viaturas 9704 e 9702, faziam rondas rotineira pelo bairro cidade nova, zona urbana de Irara, quando perceberam três indivíduos na porta de uma residência na Rua Otaciano Paz Coelho que ao avistarem a guarnição, adentraram para a residência.

Ainda de acordo com a PM, os policiais perceberam quando um dos elementos pulava o muro da casa, no encalço os militares posteriormente encontrou no quintal da casa uma bolsa preta contendo uma certa quantidade de drogas: uma balança de precisão, uma certa quantidade de cocaína, trinta e uma (31) trouxinhas de maconha, treze (13) pinos de cocaína, vinte e nove (29) saquinhos de cocaína, doze (12) trouxinhas de crack e uma certa quantidade de maconha empresada.

Continuando as buscas foi localizado um jovem que foi contido pela polícia, o qual afirmou que era apenas usuário. A guarnição solicitou apoio de outras guarnições, em seguida saindo em busca dos citados elementos; os quais foram encontrados no início da noite no interior de uma casa na Rua Otaciano Paz Coelho onde resistiram à abordagem policial disparando tiros, havendo o revide por parte da guarnição.

Os suspeitos: Isac de Jesus Silva, 22 anos (fazia aniversário na data de hoje,28) e Rodrigo de Mercês Mota, 22 anos, foram atingidos e socorridos para o Hospital Municipal Dr. Deraldo Miranda onde foi constatado os óbitos de ambos. Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana e o auto de resistência foi registrado na Central de Flagrante do Complexo de Delegacias em Alagoinhas.

Fonte: Policia é Viola