A prefeitura de Alagoinhas, por meio da Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT), segue com o calendário de audiências públicas nos bairros sobre a licitação do transporte coletivo, e nesta segunda-feira (23), foi vez dos moradores do bairro Jardim Petrolar se reunirem com a gestão para discutir as condições gerais que irão orientar a licitação para a concessão da exploração do serviço de transporte público municipal. Realizada na Associação de Moradores da localidade, a audiência, mediada pelo líder do governo na Câmara, José Cleto , contou com as presenças do prefeito Joaquim Neto, dos vereadores Duy do Frango, Raimundo Alves dos Santos (Gode) e Ozeas Menezes, do secretário de Relações Institucionais, Jorge da Farinha, do procurador jurídico da SMTT, Hilton Ribeiro, servidores e comunidade.

O prefeito Joaquim Neto ressaltou a importância do assunto para cidade e que o trabalho tem o usuário como foco. “ Ouvimos o clamor da população para tomarmos as medidas necessárias no que se refere à implantação da primeira etapa do sistema de integração, e por meio destas audiências, daremos mais um passo significativo dentro do planejamento de modernização do transporte público, uma medida ousada, que visa exclusivamente o bem-estar do usuários, especialmente no quesito valor da tarifa”, enfatizou o prefeito.

As audiências públicas nos bairros, que também já contemplaram o Barreiro, foram agendadas após estudos prévios realizados pela equipe técnica da SMTT, para que o público conheça as principais características do atual sistema de transporte coletivo, avaliações dos usuários sobre o serviço, aspectos sobre a bilhetagem eletrônica e o processo de licitação em si. Dentre os pré-requisitos básicos que já foram definidos por consenso nas reuniões estão: veículos com 100% de acessibilidade, exigência de, no mínimo, 20% de veículos novos na frota inicial, com idade média da frota de 5 anos, SBE com identificação biométrica e fotográfica, controle operacional por GPS, Programa de Gestão por Qualidade e garantia de empregabilidade de, no mínimo, 85% dos trabalhadores das atuais operadoras. A necessidade de um sistema de integração de linhas e reavaliação de algumas rotas foram outros pontos também já deliberados.

Além das audiências presenciais, os cidadãos também podem contribuir com propostas no processo de licitação do transporte coletivo por meio da consulta pública online, disponível no site oficial da prefeitura: alagoinhas.ba.gov.br . O canal de comunicação estará disponível até o dia 16 de outubro de 2019.

Confira o cronograma de audiências públicas presenciais:

27 de setembro – Associação dos Moradores da Santa Terezinha ( Praça do CEU ) – 18h30

30 de setembro – Sede provisória da Associação dos Moradores do Mangalô ( Rua São Luís, 947) – 18h30

E visando à ampliação do debate, a Prefeitura também realiza nesta quarta-feira (25), a partir das 18h30, uma reunião para Consulta Pública, no Residencial Urupiara.

Fonte: SECOM PMA