Lanchas e veleiros têm sido alvo de ataques de bandidos no litoral da Bahia. As ações dos assaltantes, chamados de piratas pela atuação no mar, incluem desde pequenos furtos até roubos comandados por traficantes que atuam na baía de Todos-os-Santos e na região do Baixo-Sul.

A secretaria de Segurança Pública da Bahia não possui dados específicos sobre roubos a embarcações em todo o litoral baiano. Mas destaca que os casos são isolados: e Itaparica e Valença, regiões de grande fluxo de embarcações, foram apenas dois casos de roubo este ano.

Leia mais em Folha de S. Paulo