Na noite de terça-feira (16), Edson Junior, de 14 anos, morreu após receber uma injeção em uma Unidade de Pronto Atendimento de Irecê (UPA). O pai Edson F. Silva e sua esposa Irá levaram seu filho para a unidade de saúde. Por ser portador de anemia falciforme, o menino vinha sentindo dores, comuns durante as crises provocadas pela doença. Dessa vez, Junior reclamava de fortes dores no quadril.

Após a mãe alertar sobre o uso de sobre medicamentos não podiam ser utilizados, Edson foi atendido e medicado. Os pais do menino ficaram esperando a sua liberação, porém, o médico que atendia a vítima disse que ele iria precisar de mais cuidados e que Junior seria encaminhado para o Hospital Regional de Irecê.

De acordo com informações do pai, um enfermeiro foi até o leito onde estava o filho e aplicou uma injeção. Após o ocorrido, Edson contou que viu o filho agitar-se, ficar vermelho e começou a implorar ajuda a ele. Mas ele não resistiu.

O CREMEB/Irecê está acompanhando o caso. A Polícia Civil abriu inquérito, o prazo com um prazo de 30 dias para conclusão.

Fonte: Varela Notícias