No primeiro encontro entre Bahia e Grêmio, pelas quartas de final da Copa do Brasil, foi o tricolor baiano que levou a melhor. O desejado triunfo não veio, mas o empate por 1×1, na noite desta quarta-feira (10), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, deixou o duelo aberto para o jogo da volta, na próxima quarta-feira (17), às 19h15, dessa vez na Fonte Nova.

O atacante Gilberto foi o herói do Bahia no Rio Grande do Sul, enquanto Everton Cebolinha marcou o gol do Grêmio. No próximo encontro, o Esquadrão precisa de um triunfo simples para fazer história e avançar à semifinal. Em caso de novo empate por qualquer placar, a classificação vai ser definida nos pênaltis.

No duelo entre dois times que jogam e deixam jogar, o primeiro tempo começou bem equilibrado. Apesar de ter mais posse de bola, o Grêmio não conseguia passar da forte marcação do Bahia. O time de Roger Machado tinha uma estratégia clara: segurar o ataque gremista e explorar o contra-ataque.

O tricolor baiano ia conseguindo criar boas jogadas, escapando em velocidade com Artur, mas pecava no último passe. Na jogada pela esquerda, Élber achou Ramires. O camisa 10 mandou de primeira e a bola passou perto da trave de Paulo Victor.

O problema é que o Grêmio começou a crescer na segunda metade da primeira etapa. O chute de Everton desviou em Ramires e tirou tinta da trave de Douglas. Um minuto depois Jean Pyerre arriscou chute de fora da área e acertou a trave.

Fonte: Correio