O ex-prefeito e ex-secretário municipal de Administração de Santaluz, Joselito Carneiro de Araújo Nunes, está proibido pela Justiça de entrar em prédios públicos relacionados ao município. A exótica decisão é do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Joselito foi acusado pelo Ministério Público (MP) de nepotismo, em ação civil pública por improbidade administrativa. De acordo com a denúncia, ele é marido de atual prefeita de Santaluz, Quitéria Carneiro de Araújo – também ré da ação.

Na decisão, o TJ-BA informou que Quitéria não apresentou comprovação acerca da qualificação técnica do marido para exercer o cargo de secretário municipal de Administração da cidade. Segundo o órgão, o descumprimento da ordem judicial pode resultar numa multa diária de R$ 10 mil.

Fonte: Varela Notícias