Moradores de Guanambi, no Sertão Produtivo, sudoeste baiano, fizeram um protesto na manhã desta quinta-feira (6) contra a instalação de uma barragem de rejeitos de ferro. Os organizadores disseram que o ato levou cerca de 7 mil pessoas às ruas. Segundo o G1, com faixas e cartazes, como “Vida Sim, Barragem Não”, os manifestantes cobram diálogo com a Bahia Mineração (Bamin), responsável pela barragem de rejeito de ferro, e segurança em caso de construção da Barragem Pedra de Ferro, na zona rural de Guanambi.

Os críticos à barragem declaram que em caso de rompimento cerca de 8 mil pessoas poderiam ser afetadas. O fato também poderiam causar sérios problemas ambientais, chegando a afetar até o Rio São Francisco. Outra preocupação é que a barragem de rejeitos, com capacidade de 180 milhões de metros cúbicos, seria construída acima de uma barragem de água potável, com volume três vezes menor que o reservatório da Bamin. Recentemente, vereadores de Guanambi, por unanimidade, se declararam contra a instalação da barragem de rejeitos .

Fonte: Bahia Notícias