A experiência, estrutura e trabalhos desenvolvidos pela Guarda Civil Municipal de Alagoinhas(GCM) são referências para a região e a sede da instituição têm sido visitada por representantes de corporações de outros municípios interessados no funcionamento e capacitações. Este foi o caso da Guarda Municipal de Entre Rios, que após uma parceria firmada entre as duas prefeituras, enviou os seus agentes para realizarem um curso de capacitação.

Com duração de seis dias, o curso será encerrado neste sábado (1) e acontece na própria sede da instituição, onde os participantes estão recebendo aulas teóricas e práticas sobre Defesa Pessoal, Ordem Unida, conduta no stand de tiros, embarque e desembarque de viaturas, patrulhamento, uso de armas não letais, registros de ocorrência, conduta no ambiente de trabalho, Polícia Comunitária, Estatuto da Criança e do Adolescente, além de orientação psicológica.

O Comandante da Guarda Municipal de Entre Rios, Clériton Pandini, destacou o acolhimento dos agentes de Alagoinhas e o dinamismo das atividades desenvolvidas durante o curso. De acordo com o comandante, a partir de agora, a GCM de Entre Rios se sentirá mais segura para atuar. “As atividades realizadas trazem conhecimentos essenciais para procedermos da forma correta e com mais eficácia, além de fortalecerem o senso de cooperação entre os agentes. Com essa aproximação, a Guarda de Entre Rios se sentiu integrada à ‘Irmandade Azul Marinho’ e seguiremos buscando aprimoramento”, avalia Pandini.

” A atuação do profissional de segurança pública é regida pelo princípio da universalidade. Ele deve estar pronto para atuar em diversos cenários, seja num patrulhamento comunitário ou mesmo abordagem a suspeitos de delitos. É com essa formação ampla que os profissionais da Guarda Civil Municipal de Entre Rios estão sendo capacitados. A nossa corporação recebe treinamento contínuo por meio de parcerias com o SAMU, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, e com cursos oferecidos pelos próprios agentes, uma vez que o nosso efetivo possui profissionais especializados em diversas áreas” , afirma a comandante da GCM de Alagoinhas, Renata Fortaleza. “A prioridade que o Governo Joaquim Neto tem dado à qualificação dos agentes tem chamado a atenção de instituições vizinhas e estas têm nos procurado para treinamento. Além de trocar experiências, esses encontros de cooperação fazem com que as Guardas estejam unidas por único ideal, que é o de servir à população” , informa a comandante. A próxima corporação que receberá o curso será a do município de Sátiro Dias.

Em 2017, início da atual gestão, Alagoinhas foi a pioneira na Bahia e terceira no país a implantar a Patrulha Maria da Penha na Guarda Civil, um serviço instituído por Lei Municipal para garantir o cumprimento de medidas protetivas e reprimir eventuais atos de violência às mulheres.Outros pontos de destaque são as operações conjuntas com os demais órgãos de segurança e a Ronda Escolar , com equipes focadas em ações ostensivas direcionadas às instituições de ensino, garantindo mais segurança à comunidade.

Fonte: SECOM PMA