Representando Alagoinhas e trazendo para as discussões em sustentabilidade a experiência de ações de educação ambiental implementadas na escola municipal do interior baiano, o secretário municipal de desenvolvimento econômico e meio ambiente (SEDEA), José Edésio Cardoso, foi, esta semana, para Florianópolis, em Santa Catarina, onde participa do encontro ENSUS, promovido de 8 a 10 de maio.

Selecionado com o artigo “Projeto Floresta Escola: um estudo de caso sobre a aplicabilidade da educação ambiental em uma escola municipal”, para o Encontro de Sustentabilidade em Projeto, o município leva, à região sul do país, na apresentação, a prática experienciada em 2018, quando a Secretaria de Desenvolvimento e Meio Ambiente realizou uma ação efetiva junto a estudantes com a construção de uma área verde na Escola Municipal Alagoinhas IV.

“O protótipo do projeto Floresta Escola foi elogiado e professores, alunos e técnicos da região viram, nas ações desenvolvidas, a possibilidade de implantar uma educação ambiental de maneira efetiva. Então trouxemos a nossa contribuição e também acompanhamos discussões, pesquisas de outros estados, justamente nessa proposta de socializar, compartilhar conhecimento para debater ações”, pontuou José Edésio.

Para a ecóloga da secretaria, Arivânia Santos, a participação em eventos de referência na área contribui não apenas para projetar Alagoinhas no cenário de ações com foco no desenvolvimento sustentável, mas também para as reflexões da equipe técnica que pode, a partir dos apontamentos e resultados compartilhados, agregar aos projetos em andamento. “O evento, que tem abrangência nacional, é visto como um catalisador de hábitos ambientalmente profícuos à sociedade, então é uma participação importante para que possamos avançar e nos aprofundar cada vez mais”, afirmou.

Não é a primeira vez que Alagoinhas ocupa posição de destaque em eventos de sustentabilidade. No último ano, o município participou do maior encontro sobre arboricultura e meio ambiente do Nordeste e, agora, leva as ações implementadas para discutir com técnicos de outros estados.

O evento realizado na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) encerra sua 7ª edição nesta sexta-feira (10), após mesas redondas, palestras e apresentações.

Segundo a equipe técnica da secretaria, a intenção é que Alagoinhas esteja alinhada ao que de mais atual se discute não só na Bahia, mas em outros estados e municípios, com relação à temática do desenvolvimento sustentável. A SEDEA informou ainda que a participação do município em encontros, seminários e atividades formativas permite a criação de novas conexões e redes de compartilhamento que contribuem de maneira efetiva para o planejamento de novas ações.

Fonte: SECOM PMA