No “Dia D” de mobilização da campanha contra a gripe, Prefeitura de Alagoinhas intensifica vacinação e reforça atendimento ao grupo prioritário

Em Alagoinhas, o “Dia D” da campanha nacional de vacinação contra a Influenza contou com estandes e com o reforço de equipes de saúde em pelo menos 6 pontos volantes estruturados para atendimento, além das unidades de saúde do município, que estiveram abertas das 8h às 16h à população para vacinação do grupo prioritário.

“A estratégia, de abrir as unidades de saúde no sábado e criar pontos de atendimento também em locais como a Vigilância, a Praça Rui Barbosa e a feira, integra a campanha nacional e faz parte da busca da secretaria em contemplar as pessoas do grupo prioritário que não podem se dirigir às unidades durante a semana, facilitando o acesso da população à vacina. É um dia de conscientização e de trabalho das nossas equipes que, aqui em Alagoinhas, têm conseguido atingir a meta preconizada”, afirmou a secretária municipal de saúde, Rosania Rabelo, que visitou as unidades com a equipe técnica neste sábado (4), orientando sobre a importância da imunização contra a gripe.

Segundo a Vigilância em Saúde, as equipes dos 6 pontos volantes de atendimento que reforçaram a imunização em Alagoinhas foram distribuídas entre sede da Vigilância, associação de moradores da Urbis II, Praça Ruy Barbosa, Praça Kennedy, Parque Alagoinhas e Central de Abastecimento.

“É a 1ª vez que eu tomo a vacina e é importante para que a pessoa possa se prevenir. Eu tinha muita vontade de tomar, mas nunca conseguia e hoje estou feliz, porque estava passando por aqui, no centro, e consegui a vacina”, relatou Dona Francisca Bandeira Souza, que recebeu a dose no estande montado próximo à Vigilância.

Moradora do bairro Alagoinhas Velha, Ilzabeth Souza Novaes, também aproveitou a oportunidade. “Todo ano eu tomo a vacina. Sempre a gente está gripando e, quando a gente toma a vacina, diminui. Esse dia também facilita, porque nem todo mundo sabe o local onde se vacinar. Às vezes, a gente tem que se deslocar de um bairro pra outro. Ano passado, eu saí do trabalho e tive que ir lá para a Avenida Silva, senão não conseguiria tomar. Hoje tomei aqui, no centro”, explicou.

Quem não esteve nos postos de atendimento neste sábado (4) tem até o dia 31 de maio para receber a dose e a Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) informou que todas as unidades do município oferecem a vacinação ao grupo prioritário neste período.

A SESAU comunicou ainda que idosos do Lar Franciscano também foram imunizados neste “Dia D” da campanha nacional de vacinação.

Por recomendação do Ministério da Saúde, estão incluídos no grupo de risco e devem ser imunizados nesse período idosos (acima de 60 anos), crianças de 6 meses a 5 anos de idade, trabalhadores da saúde, portadores de comorbidades, puérperas até 45 dias após o parto, gestantes, professores (de escolas públicas e privadas), indígenas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Fonte: SECOM PMA