Uma mulher de 40 anos afirmou ter reconhecido o homem que a estuprou há seis anos enquanto guardava atendimento em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Jaguaré, em São José do Rio Preto (SP).

Após afirmar ter reconhecido o suspeito, o filho da paciente partiu para cima  do homem, que não foi identificado. A briga aconteceu dentro da unidade de saúde e foi registrada por câmeras de segurança do local.  De acordo com o G1 São José do Rio Preto e Araçatuba, o caso foi registrado em um boletim de ocorrência. A mulher foi orientada a buscar ajuda na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Segundo o portal, o homem negou as acusações. O vigilante que tentou apartar a briga acabou ferido e acionou a corporação.



Fonte: iBahia