A Prefeitura iniciou esta quarta-feira (8) com mais uma entrega que beneficia diretamente a população. Após destinar uma ambulância, nos últimos dias, à comunidade do Ponto do Beiju e de reconhecer a importância da mobilidade, sobretudo quando se trata de saúde, a Prefeitura cedeu hoje um veículo adaptado para transporte sanitário eletivo que fica, a partir de agora, na Associação Pestalozzi, para atender e assegurar o deslocamento adequado de pacientes com dificuldade de locomoção.

O transporte, no valor de R$183.980,00, será utilizado pelo Centro Especializado em Reabilitação física, intelectual e auditiva (CER III) – Sociedade Pestalozzi de Alagoinhas e chega, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, trazendo um novo espectro para as condições de acessibilidade da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência.

“A entrega do veículo faz parte de um olhar cuidadoso da gestão do prefeito Joaquim Neto. É com grande satisfação que conseguimos trazer algumas vitórias como esta para os serviços de Alagoinhas. Tive uma reunião em abril e, quando debatíamos, Alagoinhas foi apontada como exemplo, porque temos aqui um Centro Especializado em Reabilitação nível III que é destaque na Bahia. Então são passos importantes e vamos avançar ainda mais”, afirmou a secretária responsável pela pasta, Rosania Rabelo.

O veículo, adquirido via Ministério da Saúde, é adaptado com plataforma elevatória veicular, sistemas de segurança para fixação da cadeira de rodas e possibilita o transporte seguro de usuários com espaço para cadeirantes.

Para quem necessita periodicamente do transporte, é uma ação que chega e transforma a realidade do atendimento.

“Sou mãe da Maria Cecília, a gente mora no Pirinel, e a Pestalozzi foi tudo pra ela. Tenho outra filha pequena e, muitas vezes, por causa dos custos para deslocamento, a situação era difícil. Ela é acompanhada por um fonoaudiólogo, por um fisioterapeuta e um psicólogo. Com a chegada desse carro, a gente não vai ter mais desculpa, seja de custo ou qualquer outra coisa. Então pra minha filha e para muitas outras crianças, vai ser a nossa salvação”, enfatizou Claudijane Santos.

Mãe de Vitória e moradora do bairro 2 de Julho, Ivani Santos concorda. “Estou há 9 anos nessa luta. Às vezes, venho com carona do escolar, que leva Vitória para o colégio e, quando não dá, a gente vem de ônibus. Mas, como é um pouco longe da minha casa para o ponto de ônibus, é difícil. É bem cansativo pra mim e pra ela, porque ela não aguenta andar muito e termina eu tendo que pegar no colo mesmo. Com esse transporte, que a Prefeitura está disponibilizando, vai ser muito bom, não só pra gente, mas para outras mães que estão nessa mesma luta que eu”, relatou.

Segundo o prefeito Joaquim Neto, que entregou as chaves do veículo à presidente da Associação, Ivone Castro, mais do que apoiar e ceder um transporte, o município vai trabalhar para “manter viva e presente a atuação da Pestalozzi na cidade”.

Se dirigindo às mães que se manifestaram, durante a solenidade, o prefeito acrescentou: “a declaração de vocês nos anima a persistir. Me lembro do tempo em que eu não estava ainda como prefeito e via Dona Ivone com o ‘pires na mão’ para manter em pé essa importante instituição. Fico feliz que agora possamos contribuir para o trabalho fundamental que a Pestalozzi desenvolve”, salientou Joaquim Neto.

No que se refere à inclusão social, à autonomia e à melhoria da qualidade de vida de pessoas com deficiência, é uma iniciativa que marca a postura da gestão municipal frente aos desafios de integrar, abarcar a diferença e assegurar condições e oportunidades.

“A Pestalozzi traz condições para que as pessoas com deficiência possam receber uma saúde de qualidade. Hoje, a entrega desse carro é uma possibilidade a mais dos direitos que a Lei Brasileira de Inclusão traz. A Lei preconiza que a pessoa com deficiência precisa ser assistida. E ficamos muito emocionados em presenciar, dentro de Alagoinhas, esse grande ganho”, pontuou Rosimeire da Silva Santos, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

De acordo com professora Iraci Gama, que relembrou o histórico da Pestalozzi no município, durante os 36 anos de atuação com uma equipe multidisciplinar, no atendimento à pessoa com deficiência, mais do que oferecer desenvolvimento educacional, acompanhamento, e inclusão social, a associação alimenta aquilo que chama quando o coração é quem diz os caminhos a trilhar.

“Em uma instituição como esta, não tem cérebro que funcione na frente do coração. Nós estamos em um espaço onde é o coração que manda, porque esta instituição começou quando o coração de 3 mulheres palpitava muito fortemente. Ivone falou disso, mas o que acontecia com a filha dela acontecia também com mais duas mães. E elas se juntaram para fazer esse trabalho, portanto foi pelo coração. Se fosse pelo cérebro, cada uma ia cuidar da sua filha, cada uma ia cuidar da sua família, cada uma ia se preocupar com as suas condições pessoais, mas elas juntaram o sofrimento que poderia ser pessoal e transformaram na glória do trabalho coletivo. Hoje, a Pestalozzi atende a mais de 30 municípios da região e serve de exemplo, de modelo para tantos outros. Não há como falar de uma instituição como essa, em um momento como este, sem dizer que é o coração que manda. E o coração manda tanto que o prefeito hoje não segurou as lágrimas. Deus nos deu o racional para refletirmos, questionarmos, investigarmos e decidirmos pelo que é mais importante, por aquilo que mais vai tocar as pessoas, que mais vai envolver, que mais vai fazer com que as pessoas se sintam gente. E isso não é pelo cérebro, é pelo coração. Portanto, que sejamos coração, que transformemos tudo de acordo com o nosso coração. É o nosso coração quem manda, porque nada vale mais no mundo do que o amor”, finalizou a vice-prefeita do município.

Com a cessão do equipamento à Pestalozzi, o município fortalece a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, entretanto, a ação não é pontual e um novo veículo sanitário deve ser entregue nos próximos meses para o transporte de pacientes dos municípios vizinhos, que também são atendidos pela associação de Alagoinhas.

Estiveram presentes na solenidade de entrega do veículo os vereadores José Cleto (“Cleto da Banana”), Edilson Ferreira Lima (“Duy do Frango”) e Raimundo Alves (“Gode”).

Fonte: SECOM PMA