Sessão solene homenageia mulheres na Câmara de Alagoinhas - Portal Alagoinhas News | Notícias de Alagoinhas e Região

Post Top Ad

sexta-feira, março 15, 2019

Sessão solene homenageia mulheres na Câmara de Alagoinhas



No dia 12 de março aconteceu na Casa Legislativa, a Sessão Solene que celebrou o Dia Internacional da Mulher, em atendimento à Resolução nº 133/84. O evento foi realizado em parceria com o Poder Executivo e contou com a presença, além dos vereadores, do Prefeito Joaquim Neto, secretários municipais e representações diversas de comunidades quilombolas de Alagoinhas e região.

A mesa diretora foi composta exclusivamente por mulheres. Além da vereadora Raimunda Florêncio, que presidiu a sessão, estiveram presentes: Iraci Gama, vice-prefeita, Ednajara Lima, Conselho de Reparação Racial, Maria Isabel Alcoforado, Associação Brasileira de Odontologia, Waldir Gonçalves, CDL, Ana Costa Menezes, Superintendente da UNIRB, Dona Lurdes, Associação do Oiteiro, Jaciara Santos, FENACAB – Alagoinhas, Maria Cristina da Paixão, Associação da comunidade do Cangula, Ana Rita Souza – AUTERMA/Ponto de Cultura Oyani, Ducineide Santos Bispo, SEMAS, e Renata Fortaleza, Comandante da Guarda Civil Municipal.

A vice-prefeita, ao iniciar a sua fala, pontuou: “Esta Casa, como faz todos os anos, homenageia as mulheres de Alagoinhas, e em 2019 são as mulheres quilombolas a receber a consideração da homenagem. Portanto, é uma noite mesmo muitíssimo especial.”

Durante o encontro foi lido um documento intitulado “Carta do Cangula” (produzida, segundo a palestrante Mwewa Lumbwe, a partir de um encontro de todos os quilombos de Alagoinhas, acontecido na comunidade do Cangula). No conteúdo da carta, foram apresentadas, entre outras, reivindicações para essas comunidades nas áreas de saúde, educação e meio ambiente, assim como referentes à titulação dos territórios. Foi mencionada também a criação da entidade UNICQA – União das Comunidades Quilombolas de Alagoinhas e Aramari.

Após a leitura, a palestrante Mwewa Lumbwe falou sobre o seu trabalho, fruto de uma pesquisa minuciosa realizada na comunidade quilombola do Cangula, resultado da observação do modo de vida dessa comunidade. Na ocasião, foi lançado o livro de sua autoria intitulado: “Organização Social e Subsistência na Fazenda Cangula”.

Ao final do evento, foram realizadas apresentações artísticas na área externa da Casa Legislativa.

Fonte: ASCOM CÂMARA
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Portal Alagoinhas News.

Post Bottom Ad