Ex-flanelinhas falam sobre mudança de vida com trabalho formal na zona azul de Alagoinhas - Portal Alagoinhas News – Últimas Notícias de Alagoinhas-BA e Região

Post Top Ad

terça-feira, março 26, 2019

Ex-flanelinhas falam sobre mudança de vida com trabalho formal na zona azul de Alagoinhas

Ex-flanelinhas que agora são monitores na zona azul de Alagoinhas

Com a permissão da empresa(eles estavam em horário de serviço), ouvimos 3 ex-flanelinhas contratados que consentiram em conversar conosco. A história de vida deles e as mudanças ocasionadas com a conquista de um emprego formal são de emocionar.

Em entrevista, Ronieri da Silva, 35 anos, natural de São Paulo. Veio a Alagoinhas há 8 anos atrás, por 5 anos trabalhou como flanelinha no centro da cidade, mais precisamente em frente a loja A Lampada. Conversou também com Moisés de Jesus, 31 anos, que trabalhou por 8 anos como flanelinha no ponto próximo a loja Barreto. E também conversamos com Beuljerron Marques dos Santos, 25 anos, casado e pai de uma filha, trabalhou por 5 anos como flanelinha no ponto do Coreto.

A história deles tem vários pontos em comum. Advindos de familia pobre, tiveram que trabalhar cedo. Sem oportunidade no trabalho formal tiveram que trabalhar como flanelinha no centro da cidade para buscar o sustento da familia. Eles relatam que na época em que eram flanelinhas sofreram os mais variados tipos de discriminação. ‘Muitos achavam que a gente era bandido, vagabundo’, disse Ronieri, que afirmou que muitos empresários e pessoas de outra cidade chegavam cedo pela manhã, ocupavam a vaga durante todo o dia, só retornando a noite para pegar o veiculo, e não contribuíam com os flanelinhas.

Como monitores contratados da E-Parking eles se sentem valorizados e respeitados não só pela empresa como também pela população.

Com a vinda da E-Parking para administrar a zona azul, eles disseram que a Secretaria Municipal de Assistencia Social(SEMAS) fez um cadastro com os flanelinhas e intermediaram a entrada daquelas pessoas na empresa.

Eles se referem com muita gratidão a oportunidade de conquista do trabalho formal, carteira assinada, beneficios trabalhistas e a consequente mudança de vida. ‘Como flanelinha o dinheiro era incerto. Eu não sabia quanto ia ganhar no dia. Comprava uma coisinha hoje, outra amanhã, com o que o dinheiro do dia dava. Agora aqui na empresa tenho meu dinheiro todo mês certinho.’, diz Beuljerron.

A direção da empresa disse que os ex-flanelinhas contratados tem sido bastante elogiado pelo usuários e que podem ser considerados, inclusive funcionários destaques.

O ex-flanelinhas, em gera, tem os mesmos sonhos, aproveitar a oportunidade que tiveram de entrar na E-Parking e crescerem profissionalmente. Ronieiri pensa em fazer uma graduação, Beuljerron em fazer um curso de eletrotécnica e Moises avançar nos estudos.

Nós torcemos para que todos eles, a partir desta oportunidade de conquista do emprego formal, consigam alcançar os objetivos.

Com informações do News in foco
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Portal Alagoinhas News.

Post Bottom Ad