Irmãos descobrem ter mesmo tipo de câncer cerebral em intervalo de 14 dias - Portal Alagoinhas News - Notícias de Alagoinhas e Região

Post Top Ad

segunda-feira, fevereiro 11, 2019

Irmãos descobrem ter mesmo tipo de câncer cerebral em intervalo de 14 dias



Dois irmãos da Califórnia descobriram possui o mesmo tipo de tumor cerebral no pequeno intervalo de 14 dias. De acordo com informações da revista Crescer, a mais velha, Kalea, de 6 anos, começou a vomitar e após as náuseas se intensificaram com a chegada de dores de cabeça, os pais a conduziram para o hospital e tiveram o diagnóstico de um raro tumor cancerígeno crescendo na parte de trás do cérebro.

No entanto, enquanto Kalea estava internada, Noah, o irmão de 5 anos, começou a sentir os mesmos sintomas. O pai, Duncan Avery, disse ao The Los Angeles Times que achou que o menino poderia estar imitando sua irmã mais velha. Porém, quando seu andar mudou e ele começou a vomitar pela manhã. Uma nova ressonância foi feita e descobriu que o menino tinha meduloblastoma, o mesmo tumor crescendo na mesma parte do cérebro que sua irmã. "Caímos em lágrimas", lembra Duncan. "Como duas crianças, em 14 dias, podem ter exatamente o mesmo tumor? Como isso acontece?", questiona o pai.

De acordo com a publicação, a pediatra do caso, Lauren Nguyen, acredita que os irmãos podem ter uma condição genética que os predispõe a ter câncer no cérebro. Embora existam relatos de irmãos desenvolvendo os mesmos tipos de câncer, quase nunca acontece ao mesmo tempo. "O raio poderia atingir duas vezes? É muito incomum. Pode ser aleatório, mas provavelmente não", relata. A família toda foi submetida a testes genéticos.

Os irmãos já passaram por uma cirurgia para a retirada dos tumores. Como esse tipo de câncer afeta o cerebelo, o equilíbrio e a coordenação também podem ser prejudicados. Por isso, Kalea está atualmente passando por fisioterapia, terapia ocupacional e terapia da fala. Segundo a família, Noah também está respondendo bem ao tratamento. Mas os irmãos ainda devem iniciar, em breve, sessões de radio e quimioterapia.

Fonte: Bahia Notícias
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Portal Alagoinhas News.

Post Bottom Ad