Audiência Pública esclarece como funcionará a Zona Azul em Alagoinhas - Portal Alagoinhas News - Notícias de Alagoinhas e Região

Post Top Ad

segunda-feira, dezembro 17, 2018

Audiência Pública esclarece como funcionará a Zona Azul em Alagoinhas

Fruto do requerimento nº 55/18, foi realizada na última quinta-feira (13), na Câmara Municipal de Alagoinhas, uma Audiência Pública de autoria do vereador Anderson Baqueiro que tratou do contrato da empresa E-parking Estacionamento Ltda. com o munícipio, referente à implantação do sistema de zona azul.

Ao iniciar o encontro, o vereador Anderson Baqueiro justificou: “Essa audiência decorre justamente de alguns questionamentos que rotineiramente vêm sendo apresentados aqui nessa casa, dúvidas a respeito da implantação do sistema de zona azul. Essa Câmara participou diretamente, junto com a SMTT, na elaboração do Projeto da Zona Azul, nas discussões com os setores empresariais, com os setores do comércio em geral, com o público que se fez presente”.

Compondo a mesa, além do vereador propositor, estiveram presentes: Ludmila Fiscina, Subsecretária da SEMAS, Capitão Luiz Fernando, representando o 4º BPM, Hilton Ribeiro, Procurador da SMTT e Marcos Vasconcelos, Superintendente da Empresa E-parking Estacionamentos Ltda.

Durante a fala do superintendente da empresa foram abordados aspectos referentes à área de abrangência, operacionalização do sistema, seleção e contratação de mão-de-obra, tolerância/tempo de permanência, valor/taxa cobrada e formas de pagamento, entre outros. 

Uma das formas de pagamento trata-se do aplicativo Digipare, sistema utilizado em mais de 40 cidades do Brasil, onde os créditos funcionam em todas as cidades cobertas pelo sistema. A taxa que será cobrada para permanência do veículo durante as duas primeiras horas será 2,50 para carros e 0,80 para motos. E o horário de funcionamento de segunda à sexta, das 8h às 18h, e aos sábados das 8h às 13h. 

No plenário marcaram presença representantes de Associações de Moradores, Sindicatos, representantes de mototaxistas, profissionais que trabalham na informalidade (conhecidos como flanelinhas), entre outras representações.

Em relação à situação dos flanelinhas, a subsecretária da SEMAS direcionando a palavra aos mesmos, pontuou: “Enquanto Secretaria, nós fizemos um mapeamento. Vocês com certeza tiveram profissionais, tanto assistentes sociais quanto psicólogos, que chegaram até vocês pra gente fazer esse levantamento de dados e ver de que forma nós podemos junto com a empresa e o município, ajudar vocês.”

Em relação ao início das operações, Hilton Ribeiro esclareceu: “A empresa reuniu com a SMTT, com o Coronel semana passada e nos apresentou um novo cronograma com o compromisso de que 14 de janeiro a empresa estaria em condições de iniciar a parte educativa”. A ideia é que a partir dessa data seja iniciada no município uma campanha educativa que durará um mês, a fim de dirimir as dúvidas da população. O superintendente da E-Parking esclareceu que as taxas só começam a ser cobradas um mês após a campanha. 

Fonte: ASCOM CÂMARA
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Portal Alagoinhas News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Post Bottom Ad