PRF prende 23 em ação contra roubo de carros; maior receptador do Oeste é detido - Portal Alagoinhas News - Notícias de Alagoinhas - Bahia e Região

Post Top Ad

domingo, novembro 18, 2018

PRF prende 23 em ação contra roubo de carros; maior receptador do Oeste é detido

Uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu 23 pessoas e apreendeu 39 veículos – 32 motocicletas e 7 carros – na Bahia. A Operação Hircus IV ocorreu entre os dias 2 e 10 de novembro. No estado, a operação se concentrou em municípios distantes da capital, com ênfase no Oeste. Na região, um homem, de 42 anos, foi preso.

O suspeito, que não teve o nome divulgado, era tido como o maior receptador de veículos roubados. Com ele, os PRFs encontraram uma caminhonete e uma motocicleta roubados. Os veículos seriam adulterados e revendidos. Diversos documentos falsos estavam em poder do acusado.

Ainda segundo a PRF, após a prisão do homem foram encontrados outros seis veículos, já revendidos para outras pessoas, que também foram presas. Além da Bahia, a ação ocorreu também no Maranhão, com objetivo de combater fraudes veiculares e recuperação de veículos adulterados, roubados ou furtados que circulavam nos dois estados.

Como funciona o crime

Segundo a PRF, o crime de fraudes veiculares resulta em múltiplas vítimas e é dividido em três fases distintas: o roubo, a adulteração e a revenda.

Na primeira fase ocorre o assalto, frequentemente com o uso de violência por parte dos criminosos. Na segunda fase, os acusados adulteram a identificação do veículo e seus documentos para que pareça ser um veículo regular, também conhecida como clonagem. O veículo recebe placas de outro veículo idêntico e o proprietário desse veículo, que se encontra em situação regular, torna-se a segunda vítima do esquema pois passa, muitas vezes, a receber multas de trânsito por infrações relacionadas ao veículo clonado.

Na terceira fase, ocorre a revenda, alimentada pelo comércio ilegal desses veículos clonados, muitas vezes negociados em sites na internet por valores inferiores ao preço real do veículo. O comprador do veículo passa a ser outra vítima do crime, que passa a ter a posse do veículo clonado.

Fonte: Bahia Notícias
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Portal Alagoinhas News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Post Bottom Ad