Os debates do segundo turno ainda não começaram e os presidenciáveis Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) já estão se enfrentando.

O primeiro a “colocar o dedo na ferida” foi o petista. Durante coletiva concedida para a imprensa internacional, nesta quarta-feira (10/10), garantiu que vai até “na enfermaria em que ele [Bolsonaro] estiver para debater o país”.

O deputado rebateu a provocação em sua conta oficial no Twitter. “Calma que sua hora vai chegar, marmita de corrupto preso!”. O comentário do militar foi em cima de uma publicação do seu filho Carlos Bolsonaro, que disse “Haddad, você entende mesmo é de ir em presídio!”.

Fonte: Aratu Online