Bahia é o estado com mais Unidades de Pronto Atendimento (UPA) sem funcionar - Portal Alagoinhas News - Notícias de Alagoinhas - Bahia e Região

Post Top Ad

domingo, outubro 21, 2018

Bahia é o estado com mais Unidades de Pronto Atendimento (UPA) sem funcionar

O Brasil possui hoje 2.185 Unidades de Pronto Atendimento - UPAs, que já foram concluídas, mas não funcionam por falta de profissionais, equipamentos ou de dinheiro. São mais de 218 unidades de pronto atendimento (UPA) e 1.967 Unidades Básicas de Saúde (UBS). O levantamento foi divulgado pela Globo News e, segundo a publicação, nos últimos seis meses este número cresceu 93%.

Mais de R$ 1 bilhão foram gastos para a contratação dessas unidades que estão paradas. A Bahia é o estado com mais unidades sem funcionar. São ao todo 250. Em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo Baiano, o município teria que devolver R$ 2 milhões ao Governo Federal caso não concluísse as obras da UPA, que deveria ser inaugurada em 2011.

A obra foi iniciada em 2010, mas paralisou e não foi concluída. Localizada as margens da BA-046, O funcionamento da UPA passou por duas gestões, que não colocaram o equipamento para funcionar. As gestões anteriores abandonaram as obras e os equipamentos foram perdidos, assim como o recurso do Governo Federal.

Segundo informações do Ministério da Saúde, como o dinheiro liberado pelo Governo Federal para as obras da UPA, que não foram concluídas, inviabilizaram o equipamento para o município, que estava prestes a perdê-lo.

Retomada das obras

Este ano, o prefeito atual, Rogério Andrade (PSD), conseguiu reverter a situação. No início de outubro, a gestão prestou esclarecimentos sobre a situação da UPA exigidos pelo Ministério da Saúde e assumiu a conclusão da obra. No início de outubro, após reunião em Brasília, o prefeito anunciou a ordem de serviço autorizando a conclusão das obras da UPA, com investimento de aproximadamente R$ 600 mil em recursos próprios Desde o início da gestão, Rogério Andrade buscou resolver a situação da UPA.

Em julho ele esteve em audiência com o Ministro da Saúde, Gilberto Occhi, em Brasília, e conseguiu a autorização para concluir a obra com recursos próprios. “O Governo Federal mandou R$ 2 milhões para a conclusão da UPA.

O dinheiro foi gasto e a obra não foi concluída. Para não penalizar o município e ter que devolver esse valor ao Ministério, fomos a Brasília e assumimos a conclusão da obra com recursos próprios. Agora, enquanto a obra é tocada, já estamos estudando o modelo de uso e custeio para em breve ter esse equipamento a disposição da população”, afirmou.

UPAs

As UPAS foram criadas em 2007 com o intuito de auxiliar as emergências dos hospitais públicos, funcionando 24h e sete dias por semana. Nessas unidades são atendidos pacientes de baixa e média complexidade, com problemas como pressão alta, febre, fraturas, cortes e até infartos e derrames.

O projeto UPA 24h é uma iniciativa do Governo Federal, em parceria com o governo municipal, para reorganizar o fluxo de atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). Elas oferecem assistência de urgência 24h e ajudam a desafogar os prontos-socorros dos hospitais, reduzindo as filas.

Fonte: Rádio Jaraguar
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Portal Alagoinhas News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Post Bottom Ad