Visando maior eficiência, SAAE de Alagoinhas inicia padronização do fluxo dos processos de despesas

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) Alagoinhas, através de sua Controladoria Interna, deu início ao projeto de padronização do fluxo dos processos de despesas. Trata-se de mais uma ação da gestão atual, que tem a preocupação em atuar com respeito e zelo pelo recurso público.

A iniciativa visa aumentar a visão global e sistêmica dos processos de despesas de cada servidor envolvido; servir de ferramenta de gestão dos processos; diminuir ao máximo as notificações dos órgãos de controle externo; criar um padrão simultâneo e contínuo de auditoria e controle de todos os processos; adequar-se previamente ao sistema online de atos públicos que será exigido pelo Tribunal de Contas do Município (TCM).

Para Marcelo Lopes dos Santos, controlador da autarquia, “o estabelecimento desse trâmite oficial é imprescindível para que toda compra seja feita com economicidade, eficácia e eficiência, baseando-se sempre nos princípios de uma boa administração pública: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, eficiência”.

Durante a primeira reunião, que contou com a presença de funcionários de diversos setores da autarquia, a composição do fluxograma foi democraticamente discutida, com ideias e sugestões por parte dos funcionários. O plano é que, a partir de sua finalização no início de setembro, o projeto seja oficializado, distribuído em forma de cartilha para os setores competentes e colocado em prática.

Fonte: ASCOM SAAE