quinta-feira, setembro 06, 2018

Alunos da rede municipal de Alagoinhas lançam informativo e apresentam iniciativas desenvolvidas através do projeto Eco Teens

 quinta-feira, setembro 06, 2018  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

Levantando bandeiras como a defesa do meio ambiente, a cidadania e o desenvolvimento sustentável, os alunos do 6° ao 9° ano do Colégio Municipal Miguel Santos Fontes, em Boa União, se juntaram a representantes das esferas públicas, na última terça-feira (4), para apresentar os resultados do projeto Eco Teens, realizado com supervisão dos professores para estimular a consciência ambiental dos estudantes.

O projeto, desenvolvido pelo Ministério Público, conta com apoio da Secretaria Municipal de Educação (SEDUC) e da Secretaria de Desenvolvimento e Meio Ambiente (SEDEA) para viabilizar visitas técnicas, palestras e dinâmicas que contribuam com as discussões propostas e favoreçam a construção de um jornal.

O tema escolhido pela escola do distrito foi saneamento, com apontamentos também sobre a questão da água na cidade. “Abordamos questões de degradação ambiental, da poluição do nosso rio, que é o rio Pitanga, que recebe o esgotamento, e a gente focou em cima dessa problemática. Planejamos o que iríamos falar e a forma como iríamos conduzir o trabalho: a visita ao rio, com a professora e a turma do 6° ano, a turma do 8° ano falando sobre as doenças que são trazidas por essa falta de tratamento, pela água poluída, e tudo o que tivesse a ver com essa questão de poluição do rio e das águas”, explicou Mirella Ramos, coordenadora da escola.

O resultado foi não apenas a veiculação do impresso criado pelos alunos, mas um conjunto de dinâmicas, encenações, músicas, poesias e reflexões levantados através das discussões do projeto na escola.

“A cada apresentação, vemos o avanço nas escolas. Impactante e impecável é o que posso dizer do que vimos aqui hoje. É isso o que a gente precisa realmente dar de devolutiva à sociedade. Com certeza, essa parceria tende a crescer cada vez mais”, pontuou o secretário municipal de educação, Fabrício Faro.

Segundo ele, com o encerramento desta semana, em Boa União, o projeto contabiliza 4 localidades atendidas: Estevão, Jardim Petrolar, Silva Jardim e o distrito.

Para José Edésio Cardoso, secretário de Desenvolvimento e Meio Ambiente, o modelo apresentado surpreende pela qualidade e pela interdisciplinaridade. “O ambiente nunca pode estar distante da saúde, principalmente da linha educacional, daí a importância do que vimos aqui, com apresentações sobre saneamento, sustentabilidade, mas também sobre os impactos da degradação do meio ambiente e as formas de intervir para o mundo que eles desejam daqui para frente”, ressaltou.

Intitulado “Percorrendo o caminho das águas”, o jornal produzido pela pelos estudantes da Miguel Fontes traz uma nova abordagem à comunidade local e atenta para a necessidade de conscientização.

De acordo com a promotora Suzana Dantas Cerqueira Monteiro, do Ministério Público, o projeto é custeado pelo Fundo do Meio Ambiente, mas os ganhos para a população são efetivos. “O que a gente viu aqui hoje é um retrato de que o projeto, aqui para esta escola, atingiu o objetivo. Os relatos que ouvimos são de que o projeto alcançou todos os seus objetivos, em todas as suas vertentes. Ele trouxe informações, levou os alunos a campo, mostrou o ambiente, a realidade local, e levou a conscientização para as casas, para as famílias, além de permitir o contato com outras profissões”, enfatizou.

Premiado pelo Conselho Nacional do Ministério Público, em 2017, o Eco Teens contribui para o avanço das políticas educacionais e fomenta o desenvolvimento de ações que ajudem a despertar, nos estudantes, o desejo de cuidar do meio ambiente pensando no futuro.

“Aprendizagem é tudo isso ao nosso redor, é o nosso contexto, o nosso cotidiano. A iniciativa nasceu por conta de um projeto do jornal Eco Teens, mas que se tornou algo muito maior para o reconhecimento da própria comunidade. São ações que fazem com que os alunos percebam que, através de atitudes deles, é possível interferir na degradação humana”, finalizou a coordenadora Mirella Ramos.

A diretoria da escola informou que o jornal demarca o encerramento do projeto na localidade, mas comunicou também que a proposta de educação ambiental já é desenvolvida e que deve continuar sendo foco dos debates, aulas e atividades complementares.

Confira o vídeo produzido pela Escola Municipal Miguel Fontes durante o Eco Teens:



Fonte: SECOM PMA


Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Portal Alagoinhas News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Política de PrivacidadeTermo de Uso
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Todos os Direitos Reservados a Silva Serviços - Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2018
back to top