Agerba sugere que passageiros da Marte utilizem outras linhas durante greve - Portal Alagoinhas News - Notícias de Alagoinhas - Bahia e Região

Post Top Ad

sábado, setembro 29, 2018

Agerba sugere que passageiros da Marte utilizem outras linhas durante greve

Os passageiros prejudicados com a greve dos trabalhadores da empresa de transporte intermunicipal Marte, iniciada nesta sexta-feira (28) pelos trabalhadores, devem utilizar cinco linhas de outras companhias, conforme orientação da Agerba (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia) enviada ao bahia.ba:

625 – SALVADOR – ESPLANADA via BA 099 (contempla Conde) – Operada pela Expresso Linha Verde
625A – SALVADOR – INHAMBUPE VIA ESPLANADA/ BA 099 (contempla Conde e Acajutiba) – Operada pela Expresso Linha Verde
626A – SALVADOR – RIO REAL VIA ITANHI/ BA 099 (contempla Jandaíra) – Operada pela Expresso Linha Verde
637 – SERRINHA – ESPLANADA VIA RIO REAL (contempla Rio Real) – Operada pela Expresso São Matheus
715 – RIO REAL – FEIRA DE SANTANA, VIA ACAJUTIBA (contempla Rio Real, Acajutiba, Feira de Santana – Operada pela Transoares Transportes

O órgão estadual afirmou, em nota, que “está acompanhando a situação junto a empresa Marte Transportes para que a operação regular seja retomada o mais breve possível. Em caso de permanência da situação de greve, os itinerários não ofertados diretamente por outras concessões (com saídas de Salvador) serão autorizados emergencialmente a empresas regulares do sistema”.

Greve – O presidente em exercício do Sindicato dos Rodoviários, Fábio Primo, afirmou ao bahia.ba que a paralisação, por tempo indeterminado, foi a última alternativa encontrada pela categoria já que a Marte, que faz parte do grupo da São Luiz e Falcão Real, não vem cumprindo com as obrigações legais em relação aos funcionários.

“São três meses de horas extras dos trabalhadores atrasadas, tíquete [refeição] atrasados, salário atrasado, apropriação indébita da empresa, ficando com as mensalidades sindicais que o trabalhador paga e ela não repassa ao sindicato”, listou o sindicalista que também se queixou que a viação, em crise financeira, tem promovido demissões por justa causa “aleatoriamente”.

De acordo com Fábio Primo, esta não é a primeira vez que os atrasos ocorrem. Ele disse que os rodoviários só retomarão o serviço após a regularização total das pendências: “A empresa só volta a funcionar quando eles pagarem aos trabalhadores […] Com promessa a gente não vai voltar mais porque não cumprem”.

Procurado pela reportagem, o advogado da Marte informou que se posicionará sobre o caso assim que for autorizado pela empresa.

Com informações de Luis Felipe Veloso
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Portal Alagoinhas News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Post Bottom Ad