quarta-feira, agosto 08, 2018

Após afastamento de Tenente índices de criminalidade aumentam e efetivo é reduzido em Esplanada

 quarta-feira, agosto 08, 2018  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

De acordo com informações colhidas pela reportagem do Esplanada News desde o afastamento do Sub Tenente Gilson Cruz cerca 5 homicídios foram registrados e 3 tentativas no município. Sendo eles:

Dia 09/06/2018:
Vítima: Rogério Santos da Silva, 25 anos - vítima de disparos de arma de.
Local: Rua Antônio Santos Gomes, em frente ao Hot Clube;

Dia 16/06/2018:
Vítima: Ailton Silva dos Santos, 22 anos, vítima de disparos de arma de fogo.
Local: Loteamento Ranato Sampaio;

Dia 22/06/2018:
Vítima: Cleriston Batista dos Santos, 22 anos, vítima de disparos de arma de fogo. 
Local: Praça de Eventos - Festejos Juninos;

Dia 31/07/2018:
Local: Distrito de Palame (Baixio)
Vítima de disparos de arma de fogo (após ser agredido).
Não chegou ao conhecimento da guarnição de serviço, portanto não consta em livro de parte, contudo a VTR de Porto de Sauipe checou o ocorrido, ficando os dados com a Cenop da 56ª CIPM;

Dia 04/08/2018:
Vítima: Jhon dos Santos Borges, 28 anos. Vítima de disparos de arma de fogo.
Local: Rua Santa Terezinha, na Praça.

Tentativas de Homicídios:

21/06 - Povoado dos Calderões - Disparos de arma de fogo. Não conseguimos os dados das vítimas (um casal) em virtude do socorro ter sido prestado na Cidade de Aporá. O CICOM de Esplanada gerenciou essa situação com a 6ª CIPM;

11/07 - Emerson da Silva França, 16 anos. Vítima de disparos de arma de na Rua dos Capuchinhos. Socorrido ao Hospital local ;

22/07 - Marcos da Silva Santos, 29 anos, vítima de arma branca, na Rua São José, Bairro Timbó, socorrido ao Hospital Local.

''Faz muita falta a Polícia participativa, nos grupos de WhatsApp e de olho na malandragem. Até hoje não entendemos os motivos pois grande parte das ações dele sempre foi bem elogiada'', disse Maria Souza.

''Sabemos que estava longe do ideal, mas Esplanada que vivia com uma viatura e dois policiais avançou muito e agora estamos vendo regredir. Não vemos mais a polícia na rua como via antes, nem a agilidade e comunicação com a população, nem as ações que eram indicações do Conseg junto a população. Infelizmente a sensação de insegurança voltou, celular agora é telefone fixo'', destacou Eduardo Araújo.

Fonte: Esplanada News


Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Política de PrivacidadeTermo de Uso
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2018
back to top