sábado, janeiro 13, 2018

Trio exigiu R$ 1 milhão para liberar fazendeiro em Catu, diz polícia

 sábado, janeiro 13, 2018  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

Os homens suspeitos de sequestrar um fazendeiro no município de Catu, na Região Metropolitana de Salvador, foram apresentados à imprensa nesta sexta-feira (12/1). Marcos Paulo Santana Cardoso, 25 anos, Ednaldo de Jesus Rosário, 29 e Gabriel do Nascimento Santana, 22, foram presos momentos antes de embarcar para o Rio de Janeiro.

Durante a coletiva, o diretor adjunto do Departamento de Policia do Interior (Depin), Cristiano Mangueira, contou que o grupo, formado por seis pessoas, sequestrou o fazendeiro, de 49 anos, na zona rural de Catu, no dia 6 de janeiro, e o levaram para o cativeiro, em Pojuca, onde a vítima ficou por cinco dias ate ser libertada.

“A família esteve na delegacia de Catu informando que estavam sendo extorquidos ainda no primeiro dia do sequestro. Os investigadores da unidade policial passaram a negociar com os criminosos para reduzir o valor da quantia pedida por eles, de R$ 1 milhão”, destacou Mangueira.

Dois dias depois do início do sequestro, equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) foram acionadas e assumiram as negociações. De acordo com o delegado da unidade, Paulo Roberto Guimarães, os policiais começaram a realizar o reconhecimento de campo, nos municípios de Catu e Pojuca.

“Depois que a negociação terminou e a vítima já estava em local seguro, os investigadores começaram a realizar incursões na área onde o resgate foi pago, na BA-099”, explicou o delegado. Todos os presos nesta ação possuem passagem pela polícia. Gabriel por tentativa de homicídio a um vereador no interior da Bahia e tráfico de drogas, Ednaldo por porte ilegal de arma de fogo e Marcos possui um mandado em aberto por roubo, no Rio de Janeiro.

Parte do dinheiro entregue aos criminosos foi recuperado e será devolvido a família. O valor não foi divulgado pela polícia. Um veículo, modelo astra, também foi apreendido e passará por perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).  A polícia ainda trabalha na identificação dos demais comparsas do grupo.

Fonte: Aratu Online


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Portal Alagoinhas News. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe a Notícia

Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Política de PrivacidadeTermo de Uso
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Todos os Direitos Reservados a Silva Serviços - Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2018
back to top