Torcedores feridos em avalanche na Arena do Grêmio receberam alta

As sete pessoas que ficaram feridas na Arena do Grêmio, na noite de quarta-feira, já receberam alta do hospital. Eles tiveram ferimentos quando a grade de sustentação cedeu após a torcida realizar uma avalanche no setor da Geral logo depois do gol marcado por Elano contra a LDU.
Cinco pessoas foram levadas ao Hospital Cristo Redentor. Outras duas, deram entrada no Hospital de Pronto Socorro. Todas foram medicadas e liberadas em seguida.
Torcedor esfaqueado segue internado

Logo no início da partida pela Copa Libertadores, alguns torcedores se envolveram em uma briga nas imediações da Arena. Um jovem, de 22 anos, foi esfaqueado e segue internado no HPS, mas não corre risco de morrer.

A queda da grade no espaço da Geral do Grêmio na Arena será investigada pela Polícia Civil. A ocorrência foi registrada e o Intituto Geral de Perícias (IGP) irá ao local nesta quinta-feira.
De acordo com a Brigada Militar, o fato de a Arena ter apenas laudos provisórios pode contribuir para uma nova proibição da comemoração conhecida como avalanche. Antes da inauguração, em dezembro, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros haviam pedido o veto a essa manifestação. O Grêmio recorreu e conseguiu a liberação, colocando gradis na metade superior do espaço.
Grêmio classificado

Dentro de campo, o Grêmio conseguiu a classificação para a fase de grupos da competição sul-americana. Após vencer no tempo normal por 1 a 0, o time de Vanderlei Luxemburgo levou a melhor nos pênaltis, fazendo 5 a 4 na LDU.

O time gaúcho entra no grupo 8, junto com Fluminense, Caracas e Huachipato, do Chile. O primeiro jogo será dia 14 de fevereiro, contra os chilenos, na Arena.
Fonte: GloboEsporte
Siga o Portal Alagoinhas News no Google Notícias e Instagram para receber as principais notícias do dia em primeira mão.