Índio Pataxó roubava usando máscara de Homem Aranha

O titular da Delegacia Territorial (DT) de Santa Cruz de Cabrália, delegado Sinézio Vieira Júnior, divulgou, nesta terça-feira (8), a prisão do índio Pataxó Tuinã Ferreira do Espírito Santo, de 18 anos, acusado de roubar estabelecimentos comerciais, na região de Coroa Vermelha, naquele município, cobrindo o rosto com a máscara do Homem Aranha. Investigadores da DT/Cabrália detiveram o índio, no dia 29 de dezembro de 2012, no interior da aldeia da tribo Pataxó, em Cabrália, onde reside, logo depois dele ter assaltado uma padaria localizada na própria comunidade indígena. Apesar do hábito de usar a máscara do super herói, no ataque à padaria Tuinã não escondia o rosto, o que facilitou sua identificação. Reconhecido pela proprietária do estabelecimento, que procurou a polícia, Tuinã já vinha sendo procurado pela polícia, que tinha uma descrição física do criminoso, obtida graças às imagens de algumas lojas assaltadas por ele, com e sem a máscara. “As imagens revelam a semelhança física de Tuinã com o homem mascarado de Aranha. Algumas vítimas reconheceram o índio pelo porte físico”, afirmou o delegado. Segundo o titular da DT/Cabrália, ao praticar assaltos sem cobrir o rosto, o indígena permitiu o reconhecimento feito por outras vítimas que foram à unidade policial depois de sua a prisão. Um comparsa ainda não identificado, que acompanhava Tuinã em alguns assaltos, está sendo procurado. Autuado em flagrante por roubo, o índio Pataxó está custodiado na carceragem da DT/Cabrália, à disposição da Justiça.

Fonte: Bocão News
Siga o Portal Alagoinhas News no Google Notícias e Instagram para receber as principais notícias do dia em primeira mão.